Bem vindo

Sua finalidade suscitar, apoiar ou executar projetos e atividades de cunho participativo e comunitário, ações sócio-educativas e culturais.

Quem Somos

A Associação Comunitária Caná, constituída em 25 de março de 1995, é uma entidade civil, sem fins lucrativos, que tem por finalidade suscitar, apoiar ou executar projetos e atividades de cunho participativo e comunitário, ações sócio-educativas e culturais, bem como desenvolver a capacidade dos moradores de bairros populares para ações coletivas de melhoria de condição de vida

Tudo iniciou no ano de 1981, um grupo de jovens católicos atendia às crianças que moravam nos arredores do Mosteiro da Imaculada Conceição, Ferradura Mirim. Na época, o local era o limite da cidade com o campo e predominavam os pequenos terrenos e construções bem simples, em uma área pobre e carente. Os filhos dos moradores recebiam assistência e acompanhamento educativo e religioso semanalmente.

A situação mudou radicalmente quando começou a surgir o embrião do que depois seria a "Favela Ferradura Mirim", constituída por famílias provenientes do campo e dos bairros mais pobres, onde não podiam mais suportar o custo do aluguel. A partir de 1993, a ocupação cresce em ritmo e extensão de 80 barracos. A cada ano, quase se duplica o número de barracos e de famílias.

No ano de 1995 cria-se a "A.C.C. - Associação Comunitária Caná", que visa dar suporte legal e econômico às atividades sociais do grupo.

O trabalho junto à comunidade efetivou-se, através de reuniões e encontros com as famílias das crianças participantes para levantamento das necessidades mais urgentes, tais como: legalização do terreno, melhora dos barracos (que em sua maioria eram de lona e plástico), ausência total de água e energia, desemprego, falta de escola e creche, além de problemas sérios de saúde, em decorrência da má alimentação.

Com a participação e apoio da A.C.C. foi possível a instalação de água, luz, esgoto e parte da iluminação pública. Assim como a integração das crianças e adolescentes nas escolas próximas. Possibilitaram-se também numerosas campanhas e intervenções da Secretaria Municipal de Saúde.

A Associação vem atender e efetivar direitos junto às crianças e adolescentes, bem como às suas famílias, contidos no Estatuto da Criança e do Adolescente, minimizando a carência da região e propiciando ambiente educacional, pedagógico e religioso favorável ao seu desenvolvimento biopsíquico e social.

Hoje o Projeto Caná possui a capacidade de atender 170 crianças e adolescentes, 50 jovens de 15 a 18 anos e 300 crianças e adolescentes aos sábados. Os serviços são oferecidos no horário inverso ao escolar ou para os jovens que estudam à noite, uma vez que o critério principal para participação nas atividades é a frequência e o desempenho escolar.

Balanço Patrimonial

Notícias

Contato

Dúvidas, críticas e sugestões, preencha o formulário abaixo e envie-nos